sexta-feira, 26 de setembro de 2008

minutos de frivolidade: V



Olho o relógio:
Vinte horas e trinta minutos.

Olho novamente:
Já não resta mais meia hora.

Olho mais uma vez:
Tenho exatamente
Vinte e oito minutos
E não sei quantos segundos
Para seguir escrevendo qualquer coisa sem importância.
Antes que eu tenha
Que me mover,
Que andar para outra sala
Ou para casa.

Já não tenho mais.

Nenhum comentário: