sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

minutos de frivolidade: XXXI



O silêncio
posou sobre meu ombro
como o mais elegante
dos pássaros.

2 comentários:

Camolas disse...

O doirado Silêncio.

André D'Abô disse...

às vezes me angustia esse doirado...