terça-feira, 29 de junho de 2010

minutos de frivolidade: XXXVI





Mais que no feito
é o que dói
no dito:
o que imprime
o fonema
na ponta da língua.

3 comentários:

alguma coisa entre aqui aí e lá disse...

:)

Pata Negra disse...

também as palavras matam...
um abraço com a língua enrolada

André D'Abô disse...

alguma coisa: ;)

caro pata: matam mesmo, só elas matam. abraços.