quarta-feira, 4 de agosto de 2010

minutos de frivolidade: XXXVIII




Um passarinho
comendo a canjiquinha
posta em círculo
no quintal.

O tempo estalando
no bico,
grão por grão.

Eu reparando
no ciscar das horas
e na injustiça
de meus desenhos
de canto de página:

quantos detalhes
em branco e cinza
e vento e nuvem
e preto e pardo
na cabeça de um pardal.

3 comentários:

miguel dias disse...

Gostei muito do blog

Se não se importa aproveito para promover o meu recente blog onde exponho os meus desenhos www.thesearemydrawings.blogspot.com
vejam e comentem

obrigado

André D'Abô disse...

Olá, Miguel:
dei uma olhada nos seus desennhos e gostei bastante. vou adicionar a minha lista.
volte sempre.

Cicero Super disse...

Esse pardal tem muita coragem em frente a luta da vida contra a morte.